RESUMO: O presente trabalho descreve um estudo de um protótipo de um veículo autônomo para o
monitoramento de incêndios em áreas de risco, um projeto que se iniciou com o Programa Institucional de Bolsas de
Iniciação Científica – PIBIC, tendo como principal objetivo o desenvolvimento de um robô para monitoramento de
incêndio e informação das autoridades responsáveis sobre a situação do mesmo. Uma vez que incêndios são
constantemente causados não só em áreas urbanas, mas principalmente em áreas rurais devido muitas das vezes a
negligência humana, falhas mecânicas e situações naturais. Por falta de ciência dos bombeiros, o fogo se alastra e
causa danos gigantescos colocando em perigo a população e os bens ao redor. Diante desse problema, surgiu a
proposta da criação de um robô para manter os bombeiros informados e consequentemente prevenir os danos.
Logo, iniciaram-se estudos em relação ao modo como a informação seria enviada e a forma do respectivo robô. Para
envio de informação utilizaram-se dois Módulos de Voz e um Módulo Ethernet. Os Módulos de Voz teriam duas
mensagens gravadas, uma informando que não tem detecção de fogo e outra dizendo o contrário, “fogo
detectado!”. E o módulo de internet possibilitaria a comunicação com os bombeiros e transmissão da mensagem
gravada. E para informar a localização do incêndio utilizou-se módulo GPS, de tal forma que as coordenadas do robô
seriam enviadas pelo Módulo Ethernet junto com a mensagem de voz quando o fogo fosse detectado. Já em relação
à forma do robô, pesquisou-se quais componentes seriam utilizados, como os sensores, modelo de chassi, placa etc.
Em seguida como seriam seus posicionamentos, montagem e fixação. Ao fim da programação e montagem testes
foram feitos simulando uma situação de incêndio e o robô foi capaz de realizar o trabalho conforme previsto.